Localizado no departamento de Apurimac, o Conjunto Arqueológico Sywite era um culto religioso de água, ligado à agricultura e pecuária no período Inca.

O Conjunto Arqueológico de Sywite foi um centro religioso de culto da água, ligado à agricultura e pecuária. Localizado na comunidade de Concacha 47 km da estrada Abancay-Cusco, tem um altar ligado ao culto do sol e um monólito de dois metros e meio de altura e chamado a Pedra do Saywiteo.

No monólito de Saywiteo, a principal atração do conjunto arqueológico, estão gravadas a geografia e o meio ambiente do local que inclui representações de animais, plataformas, lagoas, escadas e irrigações.

Dentro do complexo arqueológico, localizado a 2.400 metros do nível do mar, há uma sucessão de nove fontes e uma série de monólitos menores associados a outro conjunto de fontes. Além disso, o altar do culto solar e observação astronômica, e o Intihuatana ou relógio solar, composto de um bloco de pedra entalhada que possivelmente era um observatório inca.